27 2104.0000

Login do Cliente:




Esqueci minha senha. Cadastre-se.

Qual é o jeito mais seguro de lavar frutas e verduras?

Confira aqui dicas de Higiene e Limpeza dos alimentos. 

Aprenda a limpar e higienizar os alimentos para consumo. 
 
As vantagens de uma alimentação rica em legumes e frutas já são bem conhecidas por todos nós. Mas esses nutrientes serão ainda melhor aproveitados com uma higienização correta dos vegetais.
 
Esse cuidado começa na hora da compra. Quando a preferência for pela feira livre, observe a qualidade dos produtos. Se estiverem amassados, evite-os. Nos supermercados, fique de olho para não levar alimentos vencidos. Também, evite comprar vegetais picados. A recomendação do Ministério da Saúde é que frutas que sejam comidas com casca e verduras e hortaliças consumidas cruas sejam higienizadas ficando de molho em soluções à base de cloro, e não no vinagre. 
 
O ideal é usar produtos especiais para limpeza desses alimentos, feitos com hipoclorito de sódio. Normalmente são algumas gotas por litro de água, e deixa-se as frutas e hortaliças de molho por cerca de 15 minutos.
A higiene é fundamental para prevenir grande parte das doenças que podem ser transmitidas através dos alimentos e que constitui um dos principais problemas da saúde pública.
 
Limpeza correta 
 
As verduras devem ser bem-lavadas, passando-se os dedos por toda a casca para retirar terra, pedaços machucados da folha e larvas. Depois, deixe de molho em uma solução desinfetante por 30 minutos. A seguir, lave novamente em água corrente e consuma sem qualquer receio.
 
Para os legumes, o procedimento é o mesmo. Se for ingeri-los com a casca, é importante esfregar com uma bucha própria sobre toda a extensão, para eliminar a camada esbranquiçada de agrotóxico. Daí é só colocar de molho em solução e consumir.
 
As frutas precisam ser limpas da mesma forma. A maçã ou a pêra devem ser lavadas com uma esponja, já que é consumida com a casca. É importante esfregar para que a quantidade de agrotóxico ingerida diminua. Para as uvas, o cuidado é maior: “é preciso lavar uma a uma, sem arrancá-las do galhinho. Alguns cachos são bem fechados e podem ter teia de aranha no meio, então, apenas água e deixar em solução não resolve.