27 2104.0000

Login do Cliente:




Esqueci minha senha. Cadastre-se.

Limpeza é saúde

Confira sete dicas para a limpeza correta de equipamentos eletrônicos 

Com o tempo de uso, os equipamentos eletrônicos vão ficando sujos, e para muitas pessoas a pergunta que não quer calar é: o que fazer para deixá-los limpos sem comprometer o que está em seu interior, ou mesmo as telas ou superfícies? 
 
“Poeira e sujeira acumulam nas superfícies dos equipamentos com facilidade. Além disso, a gordura e o ácido das mãos impregnam nos celulares, juntando germes e bactérias. Criar uma rotina de limpeza é questão de saúde e bem estar”, afirmou Carolina Kina, gerente geral da AF International no Brasil, multinacional especializada em produtos de higienização eletrônica. 
 
Se você está no grupo de pessoas que quer livrar seus aparelhos de manchas, poeira e outros tipos de sujeira, veja a seguir sete dicas para manter os equipamentos em bom estado:
 
1- Limpeza é saúde
Limpar eletrônicos ainda é recente no Brasil, por isso, antes de pensar em higienizar apenas para mantê-lo com aspecto melhor, deve-se levar em consideração que ter um aparelho limpo é questão de saúde e bem estar. Equipamentos eletrônicos acumulam sujeira, pó, germes e bactérias.
 
2- Leia o Manual do Equipamento
É sempre indicado que o usuário consulte as recomendações do fabricante do aparelho. Caso o equipamento tenha um produto de limpeza específico, constará no manual ou, ainda, pode ter informações mais detalhadas, como periodicidade da limpeza e outras instruções. 
 
3- Diga não ao álcool e aos alvejantes
Quando ouvir de alguém “passa um pouquinho de álcool que resolve”, desconsidere, assim como alvejantes e produtos à base de sabão. Estes são os grandes vilões de qualquer equipamento eletrônico, pelos seguintes motivos:
- O álcool tem poder desengordurante e elimina facilmente gorduras e sujeiras dos equipamentos, mas também é agressivo para esses. Ele penetra nas estruturas dos plásticos e telas dos aparelhos e os resseca, podendo causar manchas, rachaduras e quebras;
- Outros produtos de limpeza em geral possuem aditivos básicos com PH altos, que podem reagir com as superfícies delicadas dos equipamentos, podendo causar manchas e outros danos.
 
4- Produtos adequados também cuidam da saúde
A limpeza diária de computadores com um produto antiestático, por exemplo, ajuda a reduzir o acúmulo de poeira e sujeira, diminuindo assim uma das causas de fadiga ocular. Além disso, para aqueles que têm problemas alérgicos, como rinite, eliminar a poeira também é um aliado à saúde.
 
5- Não aplique produtos diretamente nos aparelhos
O ideal é nunca aplicar líquidos diretamente sobre as superfícies, pois apesar de seguros eles podem penetrar na eletrônica dos equipamentos e causar danos irreparáveis. Por isso, é recomendado que a aplicação seja feita por meio de lenços e toalhas que, geralmente, acompanham os produtos.
 
6- Recomendações passo a passo
- Celulares: devido à alta tecnologia dos aparelhos atuais, os produtos de limpeza de telas são uma excelente opção para a limpeza dos aparelhos. Se possível, eles devem ser limpos diariamente, pois acumulam gordura corporal, além de ácidos trazidos pelas mãos e outras sujeiras transmitidas pela boca e face;
- Tablets: embora não sejam ponto de contato direto com a boca e face, as mãos carregam germes e bactérias. Por isso, se possível, a limpeza deve ser diária e utilizar produtos específicos para limpezas de telas – afinal os tablets são compostos basicamente por telas sensíveis e merecem cuidados especiais;
- Computadores, teclados, notebooks e impressoras: ar comprimido para limpá-los é uma boa escolha de produto. Isso vai remover quaisquer indícios de poeira e acúmulo de sujeira, e pode ser usado em diversas direções, facilitando a limpeza. Recomenda-se a higienização pelo menos uma vez por semana;
- Telas em geral: recomenda-se a limpeza uma vez por semana, e esta pode ser feita com um pano de microfibra em conjunto com produtos específicos indicados para telas;
- Controle remoto: de mão em mão, o acúmulo de sujeira cresce rapidamente. Recomenda-se o uso de ar comprimido, produto antiestático e um pano de microfibra para fazer a limpeza adequada uma vez por semana.
 
7- Escolha o produto correto
Hoje já existem produtos destinados para cada tipo de equipamento eletrônico. Porém, é essencial ficar atento às descrições de cada produto e equipamento para evitar incompatibilidades e defeitos posteriores. Opte sempre por itens à base de água e/ou formulações especiais com álcoois específicos. O uso de produtos químicos inadequados pode trazer riscos aos usuários, principalmente durante a aplicação dos produtos nos equipamentos energizados, que geram calor natural por estarem ligados às tomadas. Fique ligado!
 
FONTE(S)
Agência Contatto
Abralimp (http://abralimp.org.br/modulos/noticias/descricao.php?cod=1958)